Cores Frias nas embalagens

Continuando os posts sobre embalagens hoje vou dar uma passadinha rápida sobre as cores frias, lembrando que todas as referências bibliográficas estão logo abaixo do post. Leiam os livros, vale muito a pena!

Azul

A mais fria das cores. Inteligente, sóbrio e profundo inspira elegância e realeza. A cor da concentração devido ao movimento concêntrico, e complementa o oposto que o amarelo – o que explica o contraste entre essas duas cores. Abstrato e feminino – sim, feminino! Vermelho e amarelo são cores masculinas, fortes e ativas enquanto o azul é passivo, calmo e feminino.

Sua associação geométrico é o círculo e linhas curvas e provoca um sensação de ‘distanciamento físico’ do espectador, porém o carrega para um estado mais elevado de atração. Traz calma e paz o que pode, em excesso, se transformar numa tristeza sem motivos. Tome cuidado com o uso intenso de azuis muito escuros, ou equilibre com amarelo. Fica a dica.

Em tons claros se associa com formas mais límpidas e puras como a água e ar. Na antiguidade representava o direito divino da aristocracia, o  famoso ‘sangue azul’ e até hoje sua associação é com a nobreza em contraste com o vermelho revolucionário. Sua afinidade não é com o branco, como o amarelo, mas sim com o preto. Quanto mais próximo do preto mais profundo e  mais despertará o ‘sobrenatural’ no consumidor.

Não é uma boa idéia usar essa cor em títulos e textos que necessitem de rápida memorização. Fontes azuis ficam mais visíveis em fundos brancos ou amarelos, enquanto fundos azuis favorecem a leitura de tipos brancos.

Associações positivas: montanhas longínquas, mar, céu, tranquilidade, verdade, sentimento, inifinito, meditação, sentimento profundo.

Associações negativas: recolhimento, tristeza, frieza, precaução e isolamento.

Associada a embalagens de: leite em pó, açúcar, queijos, iogurte, detergentes, desinfetantes e produtos de limpeza, desodorante, creme dental, produtos para bebês, lãminas de barbear e cigarro.

Curiosidades!

Pesquisas que enumeram as cores mais lembradas por homens e mulheres mostram que o azul é a cor menos lembrada pelos homens.

Os enxovais de bebês meninos são azuis pelo seu significado de honradez.

Verde

O equilíbrio perfeito, mistura do amarelo ativo e do passivo azul. Traz calma, alívio e cura quando a mistura amarelo e azul é equilibrada. O famoso verde-limão é expansivo e pode chamar bastante atenção nas prateleiras, porém, em excesso leva a ansiedade. Associação a linha reta solitária. Na verdade não é uma cor fria nem quente, é o equilíbrio.

Para aproximar o verde as qualidades do amarelo, use-o junto com branco – ou use o branco para clareá-lo. Para aproveitar as qualidades do calmo azul, use-o ao lado do preto ou escureça até o tom de verde-musgo. A dica de tipologia é a ótima visualização do verde, só perdendo pro amarelo entretanto isso só é verdade sobre fundos brancos. Sobre outras coisas, cuidado! Principalmente sobre o vermelho que faz as letras vibrarem. Se o fundo for verde, se aconselha o uso de tipos brancos ou amarelos, mas a visibilidade e legibilidade dessas comunicações é super baixa.

Estimulador de memória porém, com certas coisas coisas esse ‘poder’ pode ser infelizmente diminuído: amarelo com verde é uma combinação fraca, verde com rosa é uma mistura delicada mas também dificil de memorizar. Uma boa dica é o verde com vermelho, ótima combinação para estimular a memória.

Associação positivas: frescor, folhagem, jogos, mar, verão, natureza, bem-estar, saúde, coragem, juventude, serenidade, tolerância, equilíbrio e alívio.

Associação negativas: ciúme, calmaria. E tons muito virbantes: ansiedade e inveja. Em tons escuros: desconfiança e disfarce.

Associação a embalagens de: creme dental, sais de banho, desinfetantes e produtos de limpeza, detergente, óleos e azeites, chás, cafés, gorduras vegetais e enlatados.

Roxo/Violeta

Ainda mais profundo que o azul, já que soma o movimento estático do vermelho e o concêntrico do azul. Apesar de ser considerado uma cor fria muito do vermelho ainda existe dentro dessa cor.  Sua complementar é o laranja, então pense nisso antes de escolher um tipo roxo sobre fundo laranja. Para Kandinsky, o roxo seria um vermelho com menos energia, apagado, triste e doentio.

Significa a moderação, o equilíbrio entre razão e os sentimentos, mundo mundano e o espiritual, o amor carnal e o amor a Deus. Assim como o azul, não é uma cor de fácil memorização e sua melhor visualização, quando usado em tipos, é sobre fundo amarelo. Cuidado com o uso excessivo dessa cor que pode causar um efeito ‘sonífero’ por essa característica de moderação e calma.

Associações positivas: clero, virtudes espirituais, dignidade, fantasia, mistério, eletricidade e alquimia. No tom mais claro pode representar esoterismo, promessas e expectativas.

Associações negativas: guerra, batalha sangrenta, crueldade, assassinato, luto, medo, loucura, miséria, furto e agressão.

Associada a embalagens de: perfumes, produtos de bebês, iogurte, desodorante e cosméticos.

Curiosidade!

A palavra ‘roxo’ vem do latim russeus (vermelho-carregado).

Obs: violeta e roxo não são a mesma cor, apenas apresentados juntos por possuírem características parecidas.

Violeta nasce da mistura equivalente de vermelho e azul, roxo do violeta mais carregado de vermelho enquanto o lilás é um tom de violeta acrescido de branco.

Para quem não leu ainda o post de cores quentes, não deixe de ler que tem umas dicas boas

Espero vocês pro próximo post e não deixem de ver os outros post dessa série  ;)  #ficaadica

Referência bibliográficas:  Psicodinâmica das Cores em Comunicação de Modesto Farina. Editora Edgard Blucher.

Fotos: Lovely Package

About these ads
    • @rico_acidu
    • 3 março, 2010

    Faço estágio no comprafacil.com e outro dia estava comentando q acho q todos os produtos ficam bem com o fundo azul q eh um fundo q da p trabalhar bastante contrastando com outras cores…

    Tento fugir o máximo do azul pq senão uso ele sempre…rs

    mt bom o post

  1. Ótimo post. Falando na cor azul, lembrei de uma série na GNT que teve de cores e lá falava que antigamente a cor azul era relacionada para as meninas, por causa da feminidade que a cor passa. E a cor vermelha era para os meninos, por representar coragem. Apenas uma observação curiosa :)

    • Sabe que assisti essa série?! Mas não lembro se assisti até o fim, pq não lembrava disso. Vou procurar na internet, era um ótimo documentário! Acho que passou em 2008. Era bem explicativo. Ótima observação.

      Rico, querido.. obrigado pelo elogio. Pois é, todos temos alguns vícios… o meu é de usar contraste branco/preto e tons de cinza e as fonte manuscrita!

  2. Demorei um pouco, mas li! haha =)
    Ótimo post, as cores tem tantos significados em tantos segmentos! E todos nós – designers ou não – sentimos a diferença que a cor passa numa embalagem, propaganda, só que nem sempre conseguimos verbalizar o porque! =)
    Adoro esse tema! Um livro que recomendo sobre isso é o “A cor no processo criativo – Um estudo sobre a Bauhaus e a Teoria de Goethe” Lilian Ried Miller Barros

    beijo, parabéns!

    • carolina
    • 13 março, 2011

    cores bunitas

  3. boa tarde

  1. 20 janeiro, 2011

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: